jusbrasil.com.br
28 de Novembro de 2020

Você sabe o que significa a expressão “dois pesos e duas medidas”!?

Pois é, com este artigo eu nem vou explicar, mas vocês irão entender na prática

Rogério Silva, Teólogo
Publicado por Rogério Silva
mês passado

Vejam só!

Postei um comentário e o mesmo mais uma vez foi banido, não está disponível a todos, só para mim...

Tentei outra forma, não postei na aba, digamos assim, da pessoa a qual eu comentei; “no comentário desta pessoa”, mas na aba principal do artigo, também foi banido, oculto para as pessoas.

Justamente por isto está aqui neste artigo notícia para lhes informar na prática o que é ter dois pesos e duas medidas; “panelinha”, como já ouvi falar, estou quase acreditando nisto...

Bom, aqui vai o comentário que fiz e que foi banido:

Bom!

Meus comentários que fiz em relação ao comentário da Dra. Rejane, estão oculto para a maioria da pessoas; não me perguntem o porquê, eu não sei!

Desta forma estou tentando fazer este sem que seja na parte ou guia do comentário feito por ela, talvez ele fique visível a todos!

O artigo em questão foi este:

“Caça-níquel”: após crítica de Bolsonaro, presidente da OAB diz que exame protege o cidadão

Por: Dra. Edicélia Lemos Advocacia e Assessoria Jurídica

https://edicelianunes.jusbrasil.com.br/noticias/1105616015/caça-niquel-apos-critica-de-bolsonaro-presidente-da-oab-diz-que-exame-protegeocidadao


O comentário que fiz foi este que segue logo abaixo:

Amada Dra. Rejane!

Entendo seu ponto de vista e sei que isto é possível. Agora imagina então sem nenhuma prova que possa atestar um mínimo de conhecimento, de nossas habilidades básicas, sem contar que o inverso pode ser utilizado para questionar esta afirmativa e ou questão. Sem contar ainda, que conhecimento teórico difere em muito da prática em quaisquer profissões!

Em uma de minhas áreas; pois sou Técnico Contábil e Técnico Químico e como já mencionei, meus registros estão suspensos por hoje não atuar nas áreas em questão, conheci casos desta natureza, onde o técnico tinha muito mais discernimento e habilidade técnica que seu patrão, que era graduado e pós-graduado, mas não significa dizer que o técnico tinha conhecimento superior a seu patrão, mas muito mais habilidade técnica em lidar com a profissão que o mesmo, que é diferente...

Aliás, creio posso fazer a seguinte analogia de acordo com o que a amada colocou e da forma que colocou:

Vamos lá!

Portanto, sendo assim, alguém que não sabe lê não sabe dirigir!? Isto não procede. Claro que lê em nada tem a ver com o saber dirigir, mas neste caso, creio que quem não saiba ler, não deveria por mais que conheça os sinais, pois isto implica em muito mais questões envolvidas que simplesmente ler, como as questões cognitivas e que justamente por isto, que conta no Art. 140, da Lei Nº 9.503/1997; o Código de Trânsito Brasileiro, que quem não sabe ler, não pode tirar a CNH...

Mas o que quero dizer com isto, que da mesma forma que existem pessoas que não sabem ler mais dirigem e muitas vezes muito bem, existem outras que têm carteira e não dirigem tão bem, isto ocorre em várias áreas profissionais. Agora, pergunta: isto justifica que quem não saiba ler tenha carteira! Com certeza não, não de acordo com a lei, da mesma forma devemos pensar em outras profissões...

O que não podemos jamais é confundir habilidade prática com conhecimento, e por favor, não estou aqui dizendo que este é seu caso, é penas uma observação!

No passado existia o “Magistério”, uma forma de o professor adquiri experiências, acabaram com ele, quem poderá nos garantir que não foi este um dos fatores de nossa educação ter os níveis que tem, vergonhosos, em educação superior, por sinal! E neste sentido, caso não haja uma forma de avaliação por parte das instituições para coibir o mal profissional no mercado, eles estarão denegrindo suas profissões.

Aliás, tenho visto na Advocacia, profissionais olharem um para o outros e se manifestarem da seguinte forma, em relação a determinado processo e colega: “Como ele pode ter perdido uma causa ganha!?”; pois é amada, talvez a amada não tenha ouvido isto, mas eu presenciei.

Aliás, na educação brasileira ocorre o seguinte, eles pedem uma avaliação a instituições com este fim e caráter e quando estas apontam alguma falha no sistema educacional superior, o MEC na pessoas de seus representantes legais, sejam estes, instituições ou homens do governo, menosprezam com a desculpa de que existe uma educação de nível superior de qualidade, que aliás, de acordo com amada, há maus profissionais, estas são suas palavras: “Hoje atuo home office para advogados com carteira da ordem que não sabe escrever ou porque decorou somente as provas para passar.” E a amada ainda não acha que seja necessário que haja uma avaliação, por aparentemente mais insignificante que seja, isto é estranho amada!

E apesar de saber que existem excelentes profissionais em várias áreas e aprendi muito com alguns deles, mas esta é a máscara de nossa educação superior:

"Neste cenário, o Ministério da Educação (MEC), a Comissão Nacional de Avaliação do Ensino Superior (CONAES) e a CAPES pediram à OCDE que realizasse uma revisão independente das políticas federais de garantia de qualidade para o ensino superior"

(OCDE - Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico. Revisões das Políticas Nacionais para a Educação. Repensando a Garantia de Qualidade para o Ensino Superior no Brasil, Pág. 3 Pref. / http://download.inep.gov.br/acoes_internacionais/ocde/Repensando_a_Garantia_de_Qualidade_para_o_Ensino_Superior_no_Brasil_PT.pdf)

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA

DIRETORIA DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR

ANÁLISE DO DOCUMENTO “REPENSAR DA GARANTIA DA QUALIDADE DA EDUCAÇÃO SUPERIOR NO BRASIL 1”

http://download.inep.gov.br/acoes_internacionais/ocde/Consideracoes_OCDE_122018.pdf

Um abraço amada e fica com “DEUS”...

Rogério Silva

2 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Parabéns meu amado amigo,...
sempre com textos e comentários muito bem fundamentados.
Razão te dou e creio que a tenha no contexto geral das coisas (inclusive do artigo da colega).
Grade abraço,
Sucesso para você sempre! continuar lendo

Boa noite Doutora!

Obrigado pela interação...

Sucesso a amada também.

Um abraço e fica com "DEUS"...

Rogério Silva continuar lendo