jusbrasil.com.br
25 de Maio de 2020

Atenção a quem lida com causas Previdenciárias!

Isto é importantíssimo!

Rogério Silva, Teólogo
Publicado por Rogério Silva
há 4 meses

Orientem a seus clientes a enumerarem logo atrás seus laudos e exames, pois alguns estão sumindo logo após as perícias médicas no INSS...

Orientem aos mesmos a tomarem cuidado com aqueles laudos que ainda não foram visto pelos médicos, pois de alguma forma os mesmos estão sendo utilizados como se estivessem sido examinados, mas que na verdade os peritos nunca os viram na vida...

Os médicos veem alguns e outros são apenas contabilizados, registrados como que já foram examinados, mas que na verdade eles nunca o fizeram...

Rogério Silva

3 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Reforma previdenciária, tende dessas coisas... médico que ganham gogetas do governo, para reprovar o máximo de acidentados... continuar lendo

Pois é amado!

Infelizmente este tipo de coisa, está ocorrendo...!
E os direitos dos que pagam para terem seus benefícios garantidos, estão sendo jogados, ralo abaixo...!

A falta de respeito é gritante, sem contar que creio que a questão do receber comissão por parte dos médicos, do governo, é inconstitucional, eles já recebem para tal e não deveriam receber nada mais além, seja, comissão, contribuição ou sabe-se lá, como eles chamam isto!

A saúde ou o direito a um benefício, não é um produto de compra e venda, mas uma garantia ao trabalhador! Portanto, não cabe uma quantia a mais e não importa o quanto queiram nos fazer acreditar que isto é legal!

Se eles têm que receber algo a mais, que seja em função das horas a mais que eles passam, por exemplo, de seus horários, mas nunca quantitativamente em função dos pacientes ou beneficiários e sim, qualitativamente em função de sua capacitação profissional...

Mas infelizmente ainda vai aparecer gente defendendo; talvez por se beneficiar de alguma forma!

Rogério Silva continuar lendo

Muito pertinente a orientação, Doutor! continuar lendo